APARTAMENTOS PEQUENOS SÃO MELHORES INVESTIMENTOS EM IMÓVEIS PARA LOCAÇÃO

Apartamentos pequenos são destaques no mercado imobiliário atual, principalmente nos centros urbanos. A tendência é reflexo do crescimento populacional e das consequentes mudanças habitacionais. Saiba mais por que você deveria investir em imóveis para locação mais compactos!

 

1. Alta procura de apartamentos pequenos

A valorização de imóveis com apenas um dormitório se dá por vários fatores. Uma delas é a reestruturação das famílias, que agora estão cada vez menores. Em contrapartida, a diversidade de público aumenta: Casais sem filhos, idosos, universitários, profissionais que mudam de cidade, entre outros. Eles geralmente não precisam mais que um studio, kitnet ou loft para viver bem! E, em meio à crise, procuram moradias condizentes com o orçamento.

Além do custo reduzido, a praticidade e localidade do imóvel são ­­elementos chave. Hoje, o estilo de vida das pessoas não reserva mais tempo para faxinas em grandes espaços. A preocupação do momento é o trabalho e estudo. Por isso, a qualidade de vida aumenta quando o lar está próximo do escritório ou faculdade. Dependendo do lugar, o carro pode ser deixado de lado, permitindo também a economia com transporte!

 

2. Baixo investimento e fácil financiamento

Apartamentos pequenos certamente serão mais baratos. Existem ainda opções para financiar totalmente o imóvel, mesmo não tendo um valor exorbitante na conta bancária. O risco de falhar com o investimento também é menor, visto a facilidade de recuperar o capital inicial. Isso porque, enquanto o preço da compra é baseado no metro quadrado, o aluguel acompanha o valor máximo que o inquilino poderá pagar por mês!

 

3. Lofts como opção diferenciada

Mais amplos, os lofts são alternativas bem atraentes a quem deseja morar sozinho. Esta opção traz à tona um novo mercado de luxo, oferecendo maior conforto a públicos diferenciados.

Mesmo com apenas um dormitório, os lofts dispõem de uma arquitetura mais moderna. Os cômodos são distribuídos de forma harmônica e inteligente, otimizando todo o espaço interno. Geralmente, estes apartamentos pequenos trazem consigo áreas compartilhadas multifuncionais. É possível encontrar academia, piscina, playground, churrasqueira e vários outros espaços de lazer incluídos no condomínio.

É o exemplo do Residencial New Residence, pré-lançamento da Construtora Fontanive no Centro de Curitiba. Os apartamentos de 37,92 a 54,04 metros quadrado possuem 26 vagas de estacionamento para veículos de passeio, bicicletário, dois salões de festas, lavanderia e academia.

 

4. Mudanças no setor imobiliário

As formas de negociação estão mudando com as novas tecnologias. A contratação de imobiliárias parece ser cada vez menos necessária. Apesar da comodidade que estas empresas proporcionam, surgem novas alternativas para locar imóveis. Elas facilitam a vida não apenas de quem oferece, mas também de quem procura alugar apartamento.

O Airbnb é somente um dos vários sites de aluguel de casas que existem na internet. O aplicativo foi pensado para conectar turistas com moradores locais. No entanto, a ideia cresceu! Hoje, muitos empreendedores anunciam também seus apartamentos para locação, fugindo das altas taxas de imobiliárias e tendo mais liberdade para negociar diretamente com o inquilino. Naturalmente, a demanda por apartamentos pequenos é alta no Airbnb, por conta dos vários fatores já citados.

 

Fonte: Fontanive

PORTAL DO ASSOCIADO ASSOCIAR-ME